Páginas

sábado, 20 de outubro de 2012

Faça sua doação para melhorias no blog...

Faça sua contribuição para melhorias no blog para você que aqui está presente... 
Obrigado a todos!!!

sexta-feira, 12 de outubro de 2012

quarta-feira, 9 de novembro de 2011

Benefícios das Frutas



Benefícios das Frutas 

Quais são os benefícios das frutas presentes nos produtos ?

Nós poderíamos escrever um livro sobre cada uma das frutas que compõem os produtos da MonaVie.
No entanto, para você ter uma noção, leia abaixo o resumo dos principais benefícios de cada uma delas:

Açaí
A fruta chefe na Monavie é o Açaí.
É o fruto da palmeira conhecida como açaizeiro, cujo nome científico é euterpe oleracea. É uma espécie nativa das várzeas da região amazônica.
Pela sua composição, o açaí é considerado um alimento bastante completo.
Altos níveis de fibras dietéticas; altos níveis de aminoácidos essenciais e minerais essenciais; perfil de proteínas semelhante ao dos ovos; pouca quantidade de açúcar; mais energia/vigor; apoio ao sistema imunológico; altos níveis de antioxidantes; apoio ao antienvelhecimento.

Acerola

A acerola floresce nos solos arenosos das terras tropicais.
É um poderoso antioxidante, rico em vitaminas e minerais. Mais de 150 componentes nutritivos foram identificados na Acerola.
Tem sido apresentada por combater o envelhecimento celular, por ajudar com a hidratação da pele e por promover a saúde da função capilar.

Camu-Camu

Camu-Camu (Myrciaria dubia; Myrtaceae), também chamada Guavaberry, é uma árvore.
As frutas têm o mais alto teor de vitamina C no mundo (30 vezes mais do que laranja) podendo chegar a mais de 6.000 mg/100 g do fruto, contra uma média de 1.700 mg/100 g de acerola.
A origem dessa fruta é a América do Sul, região amazônica. Por conter um alto teor de acido ascórbico e ácido cítrico, o Camu Camu é um poderoso antioxidante e coadjuvante na eliminação de radicais livres, proporcionando retardamento no envelhecimento.
Fortalece o sistema imunológico e o sistema nervoso e promove a desintoxicação do corpo, em especial do fígado.

Pêra

Tendo já sido reservada como uma fruta a ser servida apenas aos ricos e nobres chineses, a pêra Nashi ou Pêra asiática cresceu, foi cultivada e comida durante séculos.
Pouco se sabe sobre sua origem. Estima-se que elas começaram a aparecer pelo menos três mil anos atrás na China. As pêras asiáticas são uma ótima fonte de fibras dietéticas e elas também contêm alto nível de potássio e outros minerais essenciais.
A pêra já foi um alimento exótico na corte de Luis XIV e foi chamada de ‘‘presente dos deuses” por Homer em seu épico, A Odisséia.
Possui quantidades razoáveis de vitaminas B1, B2 e Niacina ou B3, todas do Complexo B.
Ainda contém vitaminas A, C e sais minerais, incluindo o Sódio, Potássio, Cálcio, Fósforo, Enxofre, Magnésio, Silício e Ferro. Tem muitas fibras.
Oferece proteção antioxidante, regula o intestino e tem propriedade anti-inflamatória.

Uva

A variedade de cores das uvas traz todo um leque de poder protetor antioxidante a essa versátil e deliciosa fruta.
As uvas brancas e roxas contêm resveratrol, antioxidante encontrado no vinho tinto e outros produtos feitos da uva.
O suco de uva também tem sido apontado como um provedor de vários benefícios: antienvelhecimento; antioxidante; saúde do cérebro, pele e olhos; saúde cardiovascular e saúde gástrica.

Banana

Bananas são frutas comuns em supermercados e, muitas vezes, são pouco valorizadas.
Poucos percebem os benefícios que a banana traz à saúde. Banana é a ÚNICA fruta que não vem de árvores ou arbustos, mas de grandes plantas que são ervas gigantes relacionados à família dos lírios e orquídeas.
A banana ajuda no controle da pressão sanguínea, melhora a contração muscular e o metabolismo de proteínas, auxilia na concentração e na memória, fornece energia instantânea e promove o o bom humor. Alivia a diarréia e ajuda na produção de colágeno.

Maracujá

O Maracujá é um fruto produzido pelas plantas do gênero Passiflora da família Passiflorácea. O nome da árvore é também conhecido como Maracujazeiro.
O maracujá é uma fruta de alto valor nutritivo. Rico em vitamina C e vitaminas do Complexo B (B2 e B5), contém também quantidades razoáveis de sais minerais como Ferro, Cálcio e Fósforo.
Como benefícios, auxilia na saúde respiratória, na promoção de um bom sono e acalma a ansiedade.

Pêssego

Rico em fibras, carboidratos, vitaminas A, C e do complexo B, é indicado para o estômago, enfermidades pulmonares, males do fígado, prisão de ventre, úlceras, herpes, dores reumáticas, hipertensão arterial, anemia, diabetes e regulariza o sistema nervoso.

Ameixa

Ameixas secas são ameixas desidratadas, ricas em minerais e fenóis, e ainda têm um valor ORAC extremamente alto.
O processo de desidratação atual multiplica o poder antioxidante por mais de seis vezes.
A ameixa é importante para quem sofre de prisão de ventre; possui uma vasta quantidade de vitamina A, B, B2 e C, antioxidantes, entre outros. Esses antioxidantes vão ajudar a evitar o envelhecimento precoce, mantendo uma pele mais saudável.
A ameixa também ajuda a evitar o reumatismo e a absorver rapidamente o ferro em nosso organismo.

Damasco

Fornece uma grande variedade de antioxidantes e é abundante em fibras solúveis, beta-caroteno, magnésio, ferro, fósforo, potássio e vitamina C.
É ideal nas crianças, já que ajuda no crescimento ósseo, nos tecidos e no próprio sistema nervoso destes.
Também ajuda contra a hipertensão e a gota, ao mesmo tempo que previne problemas tanto cardiovasculares como degenerativos, protegendo a visão, a pele, o cabelo, os dentes e os ossos.

Cranberry (ou oxicoco)

Encontrada na Europa e América do Norte. É um antibiótico natural (E Coli, H Pylori).
O suco da fruta pode diminuir a quantidade de infecções do trato urinário, principalmente em mulheres reincidentes; ela também contém muitos polifenóis que protegem o coração e reduzem o colesterol no sangue, inclusive o famoso resveratrol. Também dá suporte à saúde da gengiva.

Kiwi

O kiwi, quiuí ou quivi é uma fruta proveniente de algumas espécies do gênero Actinidia, mais especificamente da espécie Actinidia deliciosa,
típicas de locais com clima temperado e nativo da China.
Possui polpa de coloração esverdeada e uma casca marrom coberta de uma espécie de micro- pêlos. Contém fitonutrientes abundantes e também fornece grande quantidade de vitaminas E, A e C, minerais essenciais e fibras dietéticas.
Comumente usada para controle do colesterol e redução dos triglicérides no sangue. Também ajuda no controle do açúcar no sangue e protege o DNA dos radicais livres.

Blueberry (ou mirtilo)

Blueberry ou Mirtilo é um potente antioxidante, ajudando a nos manter jovens, saudáveis e afiados mentalmente. É rico em fibras (pectina), antioxidante (bio-flavonóides), sais minerais (zinco, ferro, potássio e magnésio), pectina e tanino.
A medicina popular conta que o mirtilo tem um longo histórico de benefícios.
Os pigmentos antocianos, presentes no blueberry, agem de maneira benéfica em nosso organismo: combate os radicais livres, é antiinflamatório, melhora a circulação e reduz o colesterol ruim. Outro benefício comprovado do mirtilo está ligado à saúde dos olhos.
Estudos científicos têm mostrado que o mirtilo previne doenças relacionadas à visão, como catarata e glaucoma, melhorando a capacidade de leitura e o foco da visão. Os antocianos presentes no mirtilo têm a capacidade de reverter ou evitar o problema, prolongando a capacidade visual, segundo o farmacêutico José Ângelo Zuanazzi, da UFRGS.

Romã

A romã, cujo nome científico é punica granatum, pertence à família das punicáceas.
Nativa e domesticada no Irã (antiga Pérsia) por volta de 2000 A.C., essa fruta foi levada pelos fenícios para o Mediterrâneo, de onde se difundiu para as Américas, chegando ao Brasil pelas mãos dos portugueses.
O suco da romã contém mais antioxidantes do que o vinho tinto, chá verde, suco de blueberry, suco de cranberry e suco de laranja. Altamente efetivo na limpeza de placas das paredes internas das artérias. Alguns estudos mostraram que o suco de romã é um dos mais poderosos antioxidantes da natureza, contendo mais antioxidantes polifenóis do que qualquer outra bebida.

Blackberry (ou amora preta)

Tem efeito anti-mutagênico e anticarcinogênico para as linhagens humanas de câncer de útero, câncer de cólon, câncer oral, câncer de mama, câncer de próstata e câncer de pulmão. A amora-preta contém pectina em abundância, uma fibra solúvel que ajuda a reduzir os níveis de colesterol no sangue, atuando na prevenção de enfermidades cardiovasculares e circulatórias, no diabetes e no mal de Alzheimer.

Lichia

A lichia é originária das florestas tropicais do sul da China e na Índia.
É cultivada na China e na Índia há mais de mil anos e, sem dúvida, foi uma fruta silvestre muito procurada nesses dois países.
Atualmente, os maiores produtores são China, Tailândia, Índia, Estados Unidos (Flórida e Havaí) e Nepal.
Com 72 mg de vitamina C em cada 100 g de polpa, a lichia é uma excelente fonte desta vitamina essencial, como também de potássio e outros nutrientes.
É uma poderosa aliada do sistema imunológico. A lichia tem vitaminas do complexo B, atuando nos hormônios que regulam a memória, no metabolismo e no combate de envelhecimento celular.

Cereja

Possui uma grande quantidade de água que ajuda a manter a pele hidratada e saudável; tem um efeito depurativo e laxante que ajuda a limpar o organismo de toxinas e a eliminar líquidos; ajudam a reduzir os níveis de ácido úrico; ajuda a aliviar e a prevenir a gota; ajuda a regular a hipertensão por ter níveis elevados de potássio; contém altos níveis de vitamina A e C; contém ferro e ajuda a tratar anemias.


terça-feira, 25 de outubro de 2011

Benefícios do Colágeno Hidrolisado

Benefícios do Colágeno Hidrolisado
Aumenta a elasticidade e firmeza da pele prevenindo a formação de rugas
Reduz as rugas pré existentes
Atenua celulites e estrias
Promove o fortalecimento das unhas
Promove o crescimento e fortalecimento capilar
Combate a flacidez e auxilia no processo de emagrecimento
Ajuda nas dietas de restrição calórica
Aumenta a firmeza e tônus muscular
Ajuda na formação da massa muscular magra
Ajuda a evitar a perda de massa muscular
Diminui o tempo de recuperação entre exercícios
Aumenta a densidade de massa óssea
Preserva da saúde das articulações
Ajuda na regeneração da matriz articular
Atenua as dores causadas pela artrite
Ajuda a proteger as articulações durante as atividades físicas
Aumenta a força das articulações, tendões, e discos intervertebrais
Atenua sintomas de tendinites e LER
Ajuda a tratar lesões ulcerativas no trato gastrointestinal
Estimula a secreção de Hormônio do Crescimento (HGH)
Melhora a qualidade do sono





O colágeno representa cerca de 30% de toda proteína do organismo humano. Suas principais funções são dar sustentação e elasticidade à pele, ossos, cartilagens, ligamentos e tendões.
A partir dos 30 anos, o corpo sofre uma perda de colágeno por volta de 1% ao ano, e aos 50, passa a produzir apenas uma média 35% do colágeno necessário para a manutenção da beleza e da saúde.
O uso diário de colágeno hidrolisado não tem contraindicação e é capaz de estimular a produção do colágeno natural que se perde com o passar do tempo. A reposição com suplemento de colágeno hidrolisado está surgindo como uma nova ferramenta para a manutenção da saúde e beleza.
Por meio da ingestão de suplementos alimentares desta natureza o nosso organismo obtém de maneira significativa os benefícios do colágeno.
O colágeno hidrolisado em pó permite que o nosso organismo mantenha uma quantidade de massa muscular adequada, ajudando-o a utilizar eficientemente suas reservas de gorduras.
Além disso, o colágeno hidrolisado em pó é um eficiente aliado contra flacidez e, quando aliado à atividade física, torna-se uma excelente fonte protéica, capaz de sintetizar massa magra, mantendo o aspecto jovial do nosso corpo.
O colágeno hidrolisado é um grande aliado para quem quer manter a beleza e a saúde.

domingo, 10 de julho de 2011

A importância do colágeno

A importância do colágeno


Estamos de volta para falar um pouco mais sobre a importância do colágeno.



Para começar, é importante dizer que o colágeno é uma proteína. Mas não se trata de qualquer tipo, não. Ele exerce papéis fundamentais em nosso organismo. O colágeno representa aproximadamente 25% de toda proteína presente no corpo humano e tem como função dar sustentação às células, mantendo-as unidas e firmes. Além disso, é o principal componente proteico de órgãos como a pele, os ossos, as cartilagens, os ligamentos e os tendões
,. Como desempenha funções essenciais, o nutriente é naturalmente produzido pelo nosso corpo, desde que nascemos. Mas nem pense em respirar aliviada por conta disso. Com o passar dos anos, a produção de colágeno vai ficando reduzida, até chegar a níveis bastante preocupantes. Na maturidade, que chega por volta dos 50 anos, produzimos em média apenas 35% do colágeno que necessitamos.



Engana-se quem acredita que a suplementação de colágeno é uma necessidade exclusiva das mulheres maduras. E, se apenas a ideia de prevenção não a convence a começar antes, outros dados podem ajudar.Pesquisas mostram que, por volta dos 25 anos, o organismo já começa a diminuir a produção do nutriente. E não se trata apenas de uma questão de idade. Fatores externos também podem refletir negativamente nos níveis da proteína. Hábitos como o tabagismo e a exposição solar excessiva reduzem a oferta de colágeno no organismo, afetando a sustentação e a elasticidade da pele. Isso sem falar do estresse, que causa o envelhecimento precoce das células e consequente perda do nutriente . E, cá entre nós, amiga, nos complicados dias de hoje, quem é que está livre do fantasma do estresse, não é mesmo? Por isso, o jeito é se cuidar e não ficar à mercê dos seus efeitos nocivos. Sua beleza e saúde, com certeza, agradecem!

 MonaVie Active: Colágeno hidrolisado mais 19 tipos de frutas
Compre já: www.monavie.com

A importância do colágeno para o corpo




colageno 300x296 A importância do colágeno para o corpoO colágeno é um tipo muito especial de proteína fundamental para a produção e qualidade de diversos tipos de tecidos, inclusive a pele. Estima-se que mais de 30% de todas as proteínas encontradas no nosso corpo são constituídas por algum dos 12 tipos diferentes de colágenos que existem. Ele é formado naturalmente no nosso corpo, mas começa a se perder na progressão de 1% a cada ano a partir dos 30 anos mais ou menos. Além da idade, outros fatores que podem comprometer a produção desta substância são o tabagismo, excesso de sol sem proteção adequada e de tensões físicas e emocionais.
Em qualquer um destes casos, é preciso fazer uma reposição urgente, a fim de evitar a perda de elasticidade e firmeza da pele, além do enfraquecimento de tendões e ligamentos. Muitas pessoas recorrem ao colágeno em pó para combater o envelhecimento e dar mais viço à pele e aos cabelos, mas a suplementação em si só é recomendada a partir dos 50 anos, quando a produção do organismo cai para bem menos da metade.

No caso de pessoas com menos de 50 anos e saúde geral razoável, uma boa alimentação já ajuda o corpo a produzir colágeno nas quantidades adequadas. Ele é encontrado em grandes quantidades em todos os tipos de carnes. Para ajudar na absorção, é bom consumi-las junto com alimentos que forneçam bastante vitaminas C, E, selênio e zinco, como laranja, limão, acerola, abacaxi, melão, caju, kiwi, goiaba e sementes oleaginosas.

Ah, e desfazendo um mito muito comum nas dietas – aquela gelatina saborizada que se compra em supermercados não é válida enquanto repositora de colágeno, pois apresenta menos de 10% de proteína, um valor muito baixo para que tenha qualquer efeito benéfico. As gelatinas farmacêuticas, daquelas que vêm em cápsulas, até que tem uma boa quantidade da proteína, mas indicado que seja consumida também com os alimentos mencionados que facilitam a absorção.

fonte: Corpo Saun